retratos do centro de portugal

caldas da rainha, a cidade termal

Caldas da Rainha, a cidade.

Terra de cerâmica, de cultura e criatividade, tudo isto aquele cheiro vibrante a mar. Também é terra de águas termais, não fosse esse o nome atribuído a este lugar. E não umas águas termais quaisquer, as da rainha.

O nome Caldas da Rainha, numa primeira análise, simboliza nobreza, rapidamente conseguimos imaginar reis, rainhas e a sua corte, a curarem os seus males nas águas das Caldas. Mas curiosamente, e quase em contraste com o nome, a águas termais das Caldas eram para o povo, gente comum. A origem está associada a Rainha D. Leonor, conhecida por ser uma mulher devota do povo. Segundo reza a lenda, D. Leonor teve conhecido de umas águas milagrosas para os lados de Óbidos, tendo, posteriormente enviado especialistas para analisar o grau “milagroso” das águas. Ao confirmar-se as propriedades termais das águas, mandou construir um hospital termal, para que os desfavorecidos tivessem acesso às águas milagrosas e assim curar os seus males. O Hospital Termal Rainha D. Leonor, fundado em 1484, ainda hoje existe e é considerado como o mais antigo hospital termal do mundo.

2019

Esta história pertence ao projeto Retratos do Centro de Portugal. 365 retratos, 365 pequenas histórias, sobre o que faz da região Centro de Portugal um lugar diferente. Podem consultar todos os retratos aqui.

HISTÓRIAS RELACIONADAS

HISTÓRIAS RELACIONADAS

FONTES

CAMBAS

AGROAL

facebook  /  instagram

O Meu Escritório é lá Fora!, todos os direitos reservados © 2020

Share This